Nostalgia da Cidade

x

x

Sagas, RBD e o fim da cintura baixa: lembranças de 2005

Quinze anos parece muito, mas está logo ali. Prepare-se para reviver, ou conhecer, a história do ano de 2005. Pelo alguns pontos mais importantes…

 

Música

A década de 2000 foi muito produtiva para a música pop. E no ano de 2005, não seria diferente. Vários sucessos que estavam nos topos das listas daquela época, ainda hoje são reproduzidos. Inclusive aqui na nossa radinha. Com tanta música boa, é difícil não conhecer alguma. E além disso, ter uma memória afetiva bem marcante com alguma delas. Confere só a nossa lista com algumas das mais tocadas de 2005:

 

My Boo – Alicia keys e Usher

Boulevard Of Broken Dreams – Green Day 

Lonely – Akon

We Belong Together – Mariah Carey

Don’t Lie – Black Eyed Peas

Get Right – J. Lo 

Sunday Morning – Maroon 5

 

Um Minuto Para o Fim do Mundo – CPM 22

Lutar Pelo Que É Meu – Charlie Brown Júnior

Eu quero sempre mais – Ira e Pitty

Ai Ai Ai – Vanessa da Matta

Além do Horizonte – Jota Quest

Peito Aberto – Kid Abelha

 

Alguns dos trabalhos citados foram tão importantes que renderam premiações. No MTV Video Music Awards, o clipe de Green Day foi o grande vencedor do Vídeo do Ano. 

 

 

Na versão brasileira da premiação, conhecida como MTV Video Music Brasil, a canção do ano, votada pelo público, foi Um Minuto Para o Fim do Mundo.

 

Diferentemente da estadunidense, na edição nacional a categoria de videoclipe ainda era subdividida. E o resultado de 2005, nas principais subcategorias de videoclipe, foi o seguinte:

 

Pop: Palavras Repetidas – Gabriel o Pensador.

 

Rock: Irreversível – CPM 22

 

Rap: Exército do Rap – Helião e Negra Li

 

Música Internacional: B.Y.O.B – System of a Down

 

Televisão

Alguns dos maiores sucessos que estreavam na TV nacional eram as novelas Alma Gêmea, América e Belíssima. Quem não cantava por aí a abertura (emocionante) de Alma Gêmea?

 

Na MTV, que estava no seu auge de audiência, o polêmico Beija Sapo, programa que marcou a juventude de muitos, estreava, com Daniella Cicarelli na apresentação.

 

Rivalidade entre fãs, é algo bem comum, mas não é novo. Já em 2005, esse embate existia. E nacionalmente. Isso porque foi o ano de estreia de duas novelas adolescentes marcantes. Floribella estreava na Bandeirantes em Abril e a mexicana Rebelde chegou no SBT em Maio. Na época as duas fizeram um enorme sucesso, mas atingiam públicos diferentes.

 

Futebol

Pela quarta vez, o Campeonato Brasileiro foi vencido pelo Corinthians, que deixou o Internacional com o segundo lugar.

 

Já no Campeonato Mineiro, uma surpresa. O recém-inaugurado, Ipatinga com apenas 7 anos de existência, foi o grande vencedor, surpreendendo a todos. Por conta dessa vitória inesperada, o veterano Cruzeiro, ficou como vice.

 

Cinema

No mundo todo, as maiores bilheteria de 2005 foram:

 

1º Harry Potter e o Cálice de Fogo

2º Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith

3º As Crônicas de Nárnia: O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Leão

4º Guerra dos Mundos

5º King Kong

 

Mas no Brasil, o filme mais assistido no ano, não foi nenhum desses. E sim a produção nacional 2 Filhos de Francisco, sobre a história de Zezé di Camargo & Luciano, que arrecadou R$ 36 727 752 em bilheteria.

 

Moda

Na Moda, o reinado das calças de cintura baixa e blusas curtas estava chegando ao fim. O umbigo à mostra, tendência que durou por anos, começava a perder forças. Por conta disso, uma moda mais recatada começava a aparecer.

 

Outras curiosidades

Foi ainda o ano de morte do Papa João Paulo II, aos 84 anos. Após 26 anos, o comando da Igreja Católica seria de outro. Por causa do falecimento, o cardeal alemão Joseph Ratzinger tornou-se Papa Bento XVI. Para quem assistiu ao recente filme Dois Papas, essa lembrança é mais fácil de reviver.

 

Nos Estados Unidos, mais de mil pessoas morreram por causa do furacão Katrina no sul do país.

Para as mulheres na política, foi um ano de conquistas. No Kuwait, elas obtiam pela primeira vez na história do país, o direito ao voto e o de se elegerem politicamente. Na Alemanha, Angela Merkel se tornava a primeira mulher a ocupar o posto de chanceler do país, por conta da eleição realizada pela Câmara de Deputados do país.

 

Curtiu as lembranças de 2005? Semana que vem tem mais, sobre um ano um tanto quanto enigmático…

Falaê

Por: Fabiana Teixeira

Oi homero eu escuto tds os dias a rádio cidade. Eu gos...

Por: Leatrice

Bom diaaaa!!! Homero é meu niver hojeeee!!!

Por: Thiago Paschoalino

Toca All The Lies e manda um alô para o Pascoal e a Ni...

Por: Luiz Pedro

Bom Dia, manda um abraço para Brasília trabalhando em...